sábado, 9 de outubro de 2010

Política e a inversão de valores

Na moda, há quem consiga trabalhar com a sátira de forma suave...rsrsr


Estamos preparados para sermos cidadãos?

                                                                
Mesmo eu não atribuindo tantas importâncias à política, é necessário que possamos refletir ou pelo menos tomar consciência do que seja e já começa de forma "paradoxal" dái; pois segundo a visão de Platão, só com a prática da "Política" é que nos tornamos um cidadão; ele diz: "O homem só pode explicar-se moralmente se explicar-se politicamente". 

Quando trato de assuntos mais polêmicos, eu sempre lembro que, é algo próprio do homem e dos intuitos terrestres, manifestar vivências e dualidades que levem á práticas corruptas, de rupturas com normas, compromissos e princípios estabelecidos. O mesmo motivo que leva a um político a se corromper, pode ser o mesmo que leva a padres a tomar atitudes que são contra as leis que lhes guiam. Com isso, não estou justificando: o que de verdade aprendi com a filosofia é que, quanto mais você sabe; mais você deve ser comprometido. E mesmo assim, há coisas que não se explicam.

Não sei para onde estamos caminhando, é fato que as relações humanas, naturais e políticas refletem o momento em que nos apresentamos atualmente; podemos dizer que onde há caos, tbm possui evolução; precisamos nos adaptar às mudanças e também reger de hoje, o futuro que queremos para as próximas gerações.

O que mais espero é que os valores não sejam invertidos ao ponto de virar motivo de palhaçada, onde vilões, subversivos e desonestos são exaltados....
Vamos fazer o bem....Por nós e por todos......Em tudo!!!

Até a próxima
Beijos
Mayrles Emille

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisa personalizada