quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Individualidade e individualismo

                                 Imagem do site we wear it


Alguns fatos me levaram a pensar e também pesquisar a diferença entre individualismo e individualidade. São palavras parecidas, porém com significados bem distintos; o que fica fácil confundir não apenas a nível lingüístico.


O autoconhecimento é a melhor forma de guiarmos os nossos comportamentos. Saber o que queremos para nós e o que fazer da vida nos leva a prática de nossa individualidade.

Arquitetarmos a nossa identidade implica em estabelecer os próprios limites, mesmo quando a sociedade expõe suas regras, guias e padrões. A individualidade é o meio da expressão de nossa singularidade, potencial e características. O produto destes fatores é a “auto-estima”. As suas peculiaridades, seu jeito, seus pensamentos, são belos só por serem seus.

A questão dos individualistas vai mais além: são pessoas que não conseguem se aprofundar a si mesmos e são imediatistas o tempo todo; não tem noção de conjunto. Estão sempre prontos para a briga, sem pensar em como repercutirá. Geralmente são egoístas, em pensar no melhor e mais cômodo para si próprios, ainda que venha a revogar a vontade dos que os cercam.

A verdade é que conhecer os seus alcances, respeitando o espaço e os limites do outro nem sempre é uma tarefa simples; por isso que acontece este trânsito constante entre o individualismo e a individualidade.

Muitas vezes o processo do autoconhecimento é penoso e cada pessoa tem o seu tempo, porém valerá à pena se: em toda a busca conseguir perceber que, quando a sua individualidade atinge aos outros, é por que houve uma inversão de caráter e o “imperar” do individualismo.

E concluo que não é se anulando ou invalidando aos demais que mora o segredo para nos firmarmos. Preservar sua identidade seja psíquico ou físico, propicia muito mais encontros do que anulações. Não existe maneira de evoluir, de crescer, de melhorar realmente sua vida se não houver o “autoconhecimento”. Só assim podemos sair do INDIVIDUALISMO e ingressar em nossa própria INDIVIDUALIDADE. O resto é ilusão.

Espero que assim como eu que “matutei” sobre estes temas, também façam outras pessoas refletirem; afinal a consciência é o primeiro passo...

Até a próxima;

Beijos

Mayrles Emille

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisa personalizada